Noticias

Paraíba distribui mais de 6 mil vacinas remanescentes da dengue

Com informações do Paraibaonline

O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), distribuiu a vacina remanescente da dengue e realizou, nesta terça-feira (2), um alinhamento técnico com os 10 novos municípios que receberam o imunizante. Foram enviadas 6.187 doses, com base na população com faixa etária de 10 a 14 anos dos territórios contemplados.

De acordo com a chefe do Núcleo de Imunizações da SES, Márcia Mayara, essa decisão ocorreu pela baixa cobertura de três municípios que receberam as doses em fevereiro e pela sinalização do Ministério da Saúde de 10 novos territórios aptos a receberem doses não utilizadas na primeira entrega. Ela explicou que os municípios cedentes ainda ficaram com doses para continuar a execução de ações de vacinação.

“É importante ressaltar que não são novas doses recebidas. São doses que foram remanejadas dos municípios que estavam com baixas coberturas vacinais, com baixas doses aplicadas no sistema de informação. Nós fizemos o recolhimento de parte das doses e já distribuímos para os 10 municípios que foram sinalizados por meio de nota técnica do Ministério da Saúde”, pontuou.

Márcia Mayara informou que na tarde desta terça-feira foi realizado um alinhamento técnico com coordenadores de imunização dos municípios de Cajazeiras, Sousa, Itabaiana, Alagoa Grande, Princesa Isabel, Aroeiras, Esperança, Guarabira, Campina Grande e Pombal. Durante a agenda, a área técnica da SES falou sobre o esquema vacinal, via de administração, precauções, contraindicações, registro das doses, estratégias de vacinação e conservação da vacina.

O primeiro lote da vacina contra a dengue (Qdenga), com 37.040 doses, encaminhado pelo Ministério da Saúde (MS), chegou à Paraíba em fevereiro deste ano. As doses foram distribuídas pela SES para a 1ª Região de Saúde da Paraíba.

Os critérios para a escolha das localidades foram porte populacional, número de casos de dengue nos últimos 10 anos e o número de casos de dengue tipo 2 nesses lugares. O esquema é de duas doses com intervalo de três meses entre elas. A vacina protege contra a dengue causada pelos sorotipos 1, 2, 3 e 4 do vírus Aedes aegypti.


Botão Voltar ao topo